Jimi Hendrix Sexperience II

by

Muito difícil acreditar na autenticidade desse filme supostamente estrelado por Jimi Hendrix. Vamos começar do começo: de onde veio isso? Dizem que foi comprado por um colecionador de tranqueiras sobre rock, no meio de um baú com várias outras bugigangas. Quem é este colecionador? Onde comprou isso? Por que ele acha que isso ficou quarenta anos sem ser visto? Nada disso é respondido por este lançamento da Vivid.

A estratégia da produtora fui fazer um documentário de média-metragem – uns 40 minutos. Ao longo desse tempo dua ex-groupies, que já tinham estado com o guitarrista em outros carnavais, vão comentando suas impressões sobre o filme. Na verdade, é bastante perceptível que uma delas, Cynthia Plastercast, já tinha sido muito bem preparada para convencer a outra a concordar que o ‘long purple dick’ era sim de Hendrix. Além disso Cynthia fazia próteses de pirocas de rockeiros famosos(!), e compara a réplica que fez de Hendrix ao que é visto no película:

Agora, saber se essa prótese é mesmo quente, ou se foi feita para o filme, já é outra história. Uma história, por sinal, não contada na fita. Mesmo se fosse quente, já seria difícil comparar, visto que não se tem uma escala, é só aproximar um pouco da tela que a piroca fica maior, ou distanciar um pouco pra ficar menor. Sem fundamento.

Outra coisa, o filme é claramente uma produção pornô, e não uma filmagem de alguém fazendo sexo. Isso faz diferença? Vixi, é claro que faz. As meninas se esforçam para deixar a língua pra fora quando chupam o ator, demonstrando preocupação em deixar isso visível para a câmera. O ator parece um morto-vivo enquanto elas estão em cima dele, o foco são mesmo elas, se vê que o cara não está ali pra se divertir. Enfim, é um homem alugando o caralho para uma filmagem.

Ele é robótico até quando mete a cara no mato, e também se esforça pra deixar a língua visível. O importante não era chupar a mina, era que a câmera captasse com perfeição o toque:

Vejam que o cara usava uma bandana. Para as ex-groupies, isso é mais uma prova de que era Jimi Hendrix, bem como alguns anéis na mão do cara. Não vivi naquela época, mas, pelo que dá pra perceber vendo fotos e vídeos daqueles tempos, é que muitos homens usavam bandanas e jóias. Definitivamente, esse não era um previlégio de Hendrix.

Mas o pior é quando as duas apelam para memória, do tipo: “nossa, essa língua só pode ser dele, é impossível esquecer”. Que papinho brabo ein, lembrar da língua dum cara com quem transou a 40 anos atrás, só se fosse uma língua muito fora do comum – coisa que não se vê no filme. E não esqueçam da famosa frase: “década de 60: se você lembra de alguma coisa, é porque não esteve lá”.

Últimas observações: 1)a capa do DVD é uma montagem, não é o que se vê no filme – ou seja, se tenta vender algo que não está lá. 2) o filme diz que foi localizado o possível cara que gravou toda a função, mas não conseguiu fazer com que ele concordasse em falar, e também não pode divulgar seu nome por questões legais – ora, isso é uma anti-informação, só quer dizer que se saiu de nada e se chegou a coisa nenhuma: pura cascata. 3) um aviso enorme encerra a produção da Vivid, dizendo, em resumo, que eles não tem nada que ver com o que foi dito no documentário, e que se é verdade ou não é pura responsabilidade das entrevistadas – pra que tanta preocupação? Qual o tamanho da cara-de-pau de alguém que vende um filme chamado “Fita de sexo de Jimi Hendrix” e, só no final, diz que não tem nada a ver com o fato de ser ou não um filme do guitarrista?

Não vai ser dessa vez que o mundo verá um filme pornô de Hendrix. Também nem precisa: o que ele fazia com sua fender stratocaster não era apenas sexo, era sexo divino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: