Buenos Aires. Chapéus e Mulheres

by

As gurias do Pernas Abertas estavam ausentes sim, mas por fortes motivos! Pesquisa de campo.

O blog mandou – mas não ajudou a pagar – e fui eu para Buenos Aires saber da vida sexual dos nossos hermanos.

Doidos para saber? Também eu. Me desculpem, tive um ataque de timidez , a língua de Colombo me fugiu, e a minha vida de repórter internacional quase terminou antes de mesmo começar. Quase. Fui salva pelo acaso (e o não tão acaso assim) e consegui pelo menos descobrir um segredo da cidade. Seguindo o roteiro do “charme quieto” ( um dia eu explico), caminhava eu pelas largas avenidas de Buenos Aires e…senti! Sim, senti. Aquela cidade desejava, ela implorava por um chapéu!!!Assim. Do nada, me deu essa luz!! Sim, o negocio foi quase uma experiência religiosa – que tem tudo a ver com sexo, pelo menos o bom.

St. Telmos visitada, e vossa repórter era outra. Aba de lado, olhar escondido. Hehehehhe

Só um vídeo para demonstrar a sensação!!!! Em segundos, tudo mudou. Não escapei de nenhum olhar masculino – inclusive do famoso gira pescoço -, a paquera brotou de cada canto visitado. Fui cortejada, desejada, apreciada, admirada, e não entendi. Decidi que não era normal!! Era preciso investigar. Primeira colaboradora: minha irmã. (Família não manda recibo). Resultado? = o mesmo fenômeno foi registrado!!!!!!!!Não é falsa modéstia. Era exagerado. Fenômeno mesmo!!!

Ok, no fundo já tinha minhas desconfianças. É. Provavelmente as prostitutas de Buenos Aires “sentiram” que a cidade “pedia” um chapéu bem antes de eu chegar com minha arroganciazinha… tsss,bobinha… meio sem graça, quase derrotada, mas ainda decidida, cheguei ao Hotel.

O querido estagiário do Hotel foi logo questionado: “Mauro, as prostitutas aqui… elas usam chapéu ? É um sinal?”

O Mauro negou com o sorriso mais inocente e doce do mundo, mas eu não levei fé… Um chapéu não pode dar tanto poder para uma mulher!!! Ganhou do salto agulha, mini, maquiagem, cabelão, etc. Muitos Mauros questionados depois, e nada provado. Então? Ou o chapéu é acessório indispensável em Buenos Aires ou há um complô nacional para não serem revelados/confirmados os “segredos públicos” das profissionais do sexo.

4 Respostas to “Buenos Aires. Chapéus e Mulheres”

  1. noah Says:

    rsrs… é que, a despeito dos esforços masculinos, foram elas que ficaram com o legado do carlos gardel.

  2. Ale Lucchese Says:

    no hay duda, preciso como um acorde arrabalero. valeu marcelo, seja bem vindo ao Pernas!

  3. pedro reis Says:

    Abril 4, 2008 em 3:48 pm

  4. pedro reis Says:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: