Tá com tempo, vai praticar sexo!

by

tantra-sex.png

 

Em uma sociedade na qual a cultura não era centrada na guerra, a mulher era valorizada e até mesmo divinizada por dar a luz. Na Índia dravídica, há mais de 5000 anos, surgiu o Tantra: uma filosofia comportamental com características matriarcais, sensoriais e desrepressoras.

O sexo tântrico tem como proposta atingir um prazer muito maior do que o orgasmo comum e conseguir sustentar esse êxtase por um tempo ilimitado, o hiper orgasmo. Através da contenção orgástica, o indivíduo se converter em um pólo de sensorialidade e qualquer parte do corpo sente prazer como se fosse um extenso órgão sexual que cobrisse toda a amplitude do seu corpo. As relações sexuais levam horas…

Uma característica do Tantra é a posição sempre privilegiada da mulher, ela não é possuída, mas possui. A evolução da nossa espécie pode ser dividida em três fases, conforme a posição que a mulher assumiu durante o coito.

1. fase troglodita – cobrindo a fêmea por trás (como os animais);

2. fase patriarcal – frente a frente, o homem por cima (meio evoluído);

3. fase tântrica – frente a frente, a mulher por cima (evolução plena). “Como posso adorar uma deusa se não olhar para cima?”

Sem entrar na questão mitológica, aí seguem algumas dicas que qualquer mortal pode tentar para ampliar o seu poder orgástico!!

Para ambos sexos : contrair os músculos dos esfíncteres do ânus e da uretra, segurando essa contração por alguns segundos, o que pode ser feito em qualquer lugar, para treino, e durante a relação; carícias inesperadas, mesmo breves, porém freqüentes, deixam a libido condicionada a reagir com facilidade à presença do parceir@.

Para os homens: banho de imersão dos testículos em água fria antes de dormir; chuveirinho morno, quase quente, sobre a glande também deixa um efeito estimulante sobre a vascularização dessa área.

Para as mulheres: higiene com chuveirinho forte e com água morna tem o mesmo efeito; evitar o uso da calcinha.

Durante a relação

Acenda um incenso (sândalo e o de canela são os mais recomendados), coloque flores e frutas no ambiente, uma música bem calma e sensual. Para aguçar os sentidos, veda-se os olhos d@ parceir@ com um pedaço de seda. Os dois devem estar nus e a pessoa que está sem a venda deve aguçar o olfato d@ parceir@ com vários cheiros. Para finalizar, deve-se tocar o corpo nu d@ parceir@ vedad@ para que os outros sentidos sejam aguçados e então retira-se a venda para que se olhem nos olhos, sentad@s frente a frente com @ seu (sua) parceir@. Olhem-se nos olhos e iniciem a experiência do tato. Primeiramente, das mãos d@ parceir@, depois do rosto, cabelos, peito, ventre. Essa etapa preliminar pode durar o tempo que o casal quiser. Quanto mais prolongada, melhor. Durante a relação a mulher deve ficar por cima, assim ela se tornar mais liberada e participante. Deve-se evitar os movimentos rápidos e grosseiros, muito carinho é o essencial. E o mais difícil para os ocidentais: quando se chega perto do orgasmo, ele deve adiado para que seja intenso e prolongado.

Embora o tantrismo defenda a prática entre casais heteros, para que haja um pólo positivo e outro negativo, não custa nada tentar esses exercícios, independente da orientação sexual de cada um, a fim de prolongar o prazer e ampliar o conhecimento de nós mesmos e do outro.

http://camanarede.terra.com.br/sex_tant/sex_tant_main.htm

Uma resposta to “Tá com tempo, vai praticar sexo!”

  1. IAS Says:

    amei o blog… 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: