Agora é que são elas…

by

Homens e mulheres. Ricos e pobres. Idosos e crianças. Gremistas e colorados. Por mais diferentes que possam ser, ainda assim compartilham idéias e sentimentos. Um deles, certamente, é a adoração quase que incondicional pelo simpático e sempre presente traseiro, carinhosamente chamado de bunda.
Redonda, disforme, pequena, robusta, empinada ou abatida pela gravidade, a homenageada de hoje ilumina o ambiente por onde “passa”. E o pessoalzinho da Península Ibérica que o diga… Madri, capital espanhola, soube, digamos, olhar para trás e está recebendo uma exposição que enaltece as curvas das famosas nádegas. Estão na mostra nada mais nada menos que 67 fotografias dessa parte especial da anatomia humana. Intitulado “Ocultos”, o evento, para você, amigo leitor, não pensar que é uma “exposiçãozinha” pequena ou inexpressiva, traz imagens de profissionais do quilate de Robert Capa, Henry Cartier Bresson, Eve Arnold e Salvador Dali.
E o mais legal é que a exposição é muito democrática. Veja só: estão alí, bundas anônimas, famosas, descuidadas, empinadas, recatadas ou eróticas. Os corpos de Marylin Monroe e Jennifer López são os mais estrelados da exposição, mas, na mais pura igualdade, dividem o espaço com o traseiro de prostitutas e indígenas, por exemplo.
A mostra, segundo a Fundação Canal, organizadora da exposição, é a primeira dedicada exclusivamente à poupança. Para quem ficou curioso e puder dar uma passada por aquelas bandas, o “Ocultos” ficará em cartaz até 6 de janeiro do ano que vem. Para mim, um mero mortal e que, por enquanto, continua aqui na terrinha, o evento me fez pensar numa velha e sábia frase: Pô, bunda também é cultura!!! E, para quem não acha, “nádegas a declarar”… :p

bunda1.jpg

3 Respostas to “Agora é que são elas…”

  1. Mari Lopes Says:

    Que linda foto! Acho maravilhoso que se dê destaque a todos os tipos de derrièrre, e principalmente, que sejam fotos verdadeiras, e não bundas lindamente esculpidas em Photoshop, como as que as revistas mostram…

  2. Guilherme Pilotti Says:

    Pra mim, o corpo feminino todo é digno de uma exposição, não só a bunda.
    O corpo feminino é perfeito e erótico por sí só.

    Não sabia que meu blog era subversivo …
    Só se um amor incondicional é subversivo.

    []’s

  3. Douglas Says:

    Guilherme, concordo quando vc diz que o corpo da mulherada é perfeito por si só. O post não contraria isso. Muito pelo contrário. Ele enaltece uma das partes (no caso, a bunda) dessa maravilha chamada mulher. Peitos, quadris, cintura, boca, olhos… também, cada um a seu modo, são dignos de um evento… Mas, lógico, sempre vão ser parte e, portanto, menos do que é a totalidade, no caso, o corpo feminino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: