Fodelança total

por

O trânsito de Porto Alegre ainda enfrenta problemas desde que a avenida Osvaldo Aranha passou a desembocar em Buenos Aires e a Zil Vídeo se transformou no último reduto literário do Rio Grande do Sul. No centro do engarrafamento, não poderia deixar de estar a banda Fogo na Franja, distribuindo bolachas-maria e cusparadas para os desavisados. “Sexo brutal, poesia sem limite”, esse é o paradigma dialético que tem invadido o cancioneiro popular desta capital, que ainda assiste atônita ao balé dos calcanhares resistentes ao modo de caminhar pelo avesso.

E a primeira bolacha é justamente aquela que está logo ali em cima, entre o título e o primeiro parágrafo, caro leitor do Pernas Abertas. Mesmo desfalcado de Maestro Vargas e Carlos Back, o vídeo de Fabiano Gummo é uma ilustração de um anti-lual organizado pelo projeto Nave Vazia, que contou com os integrantes Fabio Godoh, Caco Pinto, Marcio Amigão e Marcelo Noah. Esta performance do Fogo na Franja é fundamental na definição dos rumos do estrategismo sexual na canção-popular-sul-pós-contemporânea, onde “a estética do frio perde o lugar para a estética do cio”, como pontua o cantor e compositor Fabio Godoh. Ele ainda adverte que “Estética do cio” será nome do primeiro disco da banda, com lançamento agendado para programa dominical de Diego Maradona.

Uma resposta to “Fodelança total”

  1. zecarlos Says:

    eu nao vi ovideo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 32 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: